sexta-feira, 2 de abril de 2010

Ao Foi Vavá...



Alô, pessoal!

Como muitos, infelizmente, já sabem, o glorioso Vavá da Matinha ("academicamente" conhecido como Osvaldo Oliveira) chinou lá pras bandas "periféricas" do Céu (lugar parecido com a sua Matinha), dia 31/03/10, justo no momento em que o povo da música paraense iria cantar em sua louvação em um show no teatro do CENTUR. Mas, tinha que ser o Vavá pra pregar mais uma peça ao coração de quem lhe curte.

O Quaderna é suspeito pra falar sobre a vida dele, pois o tem como grande referencial de música e no modo solto de vida. Então, segue aqui o nosso apertado recado pro grande mestre dos ritmos e sons excluídos pelas rádios, pela "alta" sociedade e demais cegos!

Valeu Vavá da Matinha! Que Deus lhe guarde maluco, bom de papo e de música! A gente segue por aqui levantando sua bandeira...

Abraços do Quaderna!

Um comentário:

Unknown disse...

Allan, o primeiro disco que ouvi do Vavá, de quem eu sempre ouvia tu falando, foi o Secretária do Diabo - e lembro que fiquei impressionado com o LP, ouvindo ele direto. E depois dessa fase "nordestina", os bolerões que ele passou a cantar são também maravilhosos.

O cara era um artista de primeira, merece ser ouvido e comentado sempre.