quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Mais um bilhete pro Nazo...

Alô, pessoal amigo!

(Nazo e Allan)

Fica a lembrança lá na caixola do coração...

E veio essa nova do Nazo Silva, meu companheiro de várias pela vida musical no Pará. Com a sua morte, vão CDs, livros, imagens etc que poderiam se tornar reais, fartos registros contando sempre um trecho interessante da história de nossa terra.

Queria ir lembrando das coisas que vivenciei ao lado dele, desde a primeira tocada em louvor ao Ary Lobo até os shows caseiros deste ano, feitos pelo nosso Guamá. Mas, após ouvir o relato da minha esposa Aninha, em conversa com nosso filho, o Heitor, preferi agir dessa forma carinhosa com a memória desse figura aloprado, moleque, bondoso e amigo certeiro.

Olha que onda:

-----------------------
As crianças são seres especiais!!!!!!!!!!!!

Olhem só o diálogo que a Aninha (my wife) teve com o nego Heitor (my son) para falar da morte do tio Nazo!

Aninha:
- Filho, tenho uma notícia triste para te dá.

Heitor:
- Fala mãe!

Aninha:
- Sabe aquela pessoa que faleceu?

Heitor:
- Foi o tio Nazareno ou o amigo dele?

Aninha:
- Foi o tio Nazo que foi pro céu!!

Heitor:
- Ah! Mais não é tão triste assim... O céu só é alegria!

Aninha:
- É, mas ficamos triste por causa da saudade. Agora só vamos ver o tio Nazo em vídeos e fotos.

Heitor:
- Mas eu tenho a foto dele na minha cabeça!!

Ela, comovida:
- É verdade filho!

As crianças, graças à Deus, não pensam como nós!

-----------------------


Segue, pra fechar, um recado do amigo Olivar Andrade, também em homenagem ao "fodido", como falava ele aos seus chegados:


Nazareno Silva expressava como artista um pouco da nossa diversidade e possuia a inquietude comum à quem milita no movimento cultural. Ele transitava em várias vertentes da cultura popular, sempre a procura de construir um projeto coletivo que reunisse alguns sujeitos sociais, em particular as crianças, para promover o saber e o fazer cultural.
Agora só resta a lembrança da obra e o lamento da perda, mas para aqueles que como eu, tiveram o privilégio de conhecê-lo, vamos procurar fixar nossos corações e mentes na voz de uma criança que ecoa cantando uma toada de boi, um samba, um chorinho, um carimbó e lá estará Nazareno, "O Nazo", em todo lugar e em todos os cantos.


-----------------------


Abraços do Quaderna Allan! Valeu Nazo!

6 comentários:

RUTE disse...

Pessoal do Quaderna,

O momento é de profunda tristeza, com certeza, porém, quem acredita em Deus tem o conforto de saber que o querido e estimado "Nazo" está ao lado Dele, do nosso senhor.

Um abraço de conforto à todos vcs.

Rute

Fábio Cavalcante disse...

Allan, esse Heitor dá pra artista, hein? Aquela do arco-íris desmontado foi ótima!

Eu recebi com muita tristeza a notícia da morte do Nazo - um cara que conheci sempre aberto a tocar uma ideia pra frente, bater papo e fazer um som. É foda os buracos que vão ficando com essas partidas.

andre disse...

E assim bilhetes serão entregues sempre que a saudade apertar...

J.BOSCO disse...

Grande Allan Carvalho, fiz um link do Quaderna no Lápis de Memória, é só conferir!
Viva Ary Lobo e Osvaldo Oliveira!!!
abraços e sucesso cumpadi!!

Waldez disse...

sucesso pro grupo quaderna.

Jerusa disse...

Triste notícia !
Mas ficam ótimas lembranças.
Que esteja em paz !